A TRAGÉDIA DE UM POVO QUE NÃO INTERESSA

Israel bombardeia Gaza em plena madrugada. Nem sequer dormir os palestinos podem. Israel despeja bombas de caças F-16 contra uma nação ocupada e submetida a um minúsculo gueto, que sequer tem forças armadas e capacidade de defesa e reação. Os foguetes que o Hamas atira visando atingir Israel são 99% interceptados e destruídos pelo sofisticado sistema de defesa de Israel. Os números são claros e mostram o massacre do lado palestino. Os mortos do lado de Israel, que não podemos deixar de lamentar, são de militares sob ordens do governo Sionista, e as perdas materiais israelenses são insignificantes e desproporcionais ao que ocorre do lado palestino. A mídia insiste em dizer que Israel ataca por culpa do Hamas, e tenta nos fazer de idiotas para que acreditemos que esse partido político palestino é uma força armada, ora oficial, do estado palestino ocupado, ora terrorista. A mídia quer nos bestializar para que fiquemos ao lado de Israel e aceitemos sua ação genocida, como algo necessário e inevitável à sobrevivência de um estado judeu "democrático", no meio da "barbárie" e do "fundamentalismo" islâmico árabe, onde os palestinos são somente os "cocôs dos cavalos dos bandidos", que rodeiam Israel por todos os lados. Até quando a Palestina, e seu Povo, terão que pagar e penar por estarem bem no meio dos interesses de todos e serem vistos por todos sem nenhum interesse?

Nenhum voto

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.