Ji Lee: entrar no computador e pegar um pixels com a mão

Ji Lee

 Caros geonautas,  

O que é o conhecimento hoje?

Nicholas Negropontes, numa provocação, balançando as bases da civilização do conhecimento ocidental desde Sócrates, fez a seguinte pergunta: O conhecimento está se tornando uma commodity?

No ano de 2012 na California, foi feito a seguinte experiência, colocaram um garoto de 12 anos, sem nenhum treinamento, direto da rua para a cabine de simulador de avião boing, simulador profissional para treinamento de pilotos para empresas aéreas, e o garoto na primeira tentativa, com seus conhecimentos adquiridos brincando com jogos de video game, aterrizou o jumbo.  

A novidade de Ji Lee, a fronteira da tecnociência-cibernética, tradução site Ted.com:

A fronteira entre o nosso mundo físico e as informações digitais que nos rodeia foi ficando cada vez mais fino e fino. Designer e engenheiro Ji Lee quer dissolvê-lo completamente. Como ele demonstra neste curto, suspiro de indução de conversa, suas idéias incluem uma caneta que penetra em uma tela para desenhar modelos 3D e SpaceTop, um protótipo de computador de mesa que lhe permita alcançar através da tela para manipular objetos digitais.


Por que você deve ouvi-lo:

 

 

 Ji Lee é um designer de interface, engenheiro e pesquisador que trabalha na fronteira do mundo físico e digital. A TED Fellow 2013, ele está explorando maneiras de aproveitar cinestésica inata dos seres humanos e habilidades sensoriais para impactar o modo como interagimos com o mundo de dados digitais.

Ji está atualmente em licença de seu Ph.D. estudos no MIT Media Lab e está liderando uma equipe para projetar interfaces de TV da Samsung Electronics, em vez de seu dever militar nacional. Suas invenções recentes incluem a SpaceTop gesto controlado 3D de desktop do sistema operacional, uma interface de tangível levitando , e uma caneta que penetra na tela .

Anteriormente, Ji co-fundada eone-relógios, uma marca de relógio tátil para "todos", incluindo os deficientes visuais, e realizou uma pesquisa no Sony Computer Science Lab (CSL) e Ciências Aplicadas da Microsoft. Ele recebeu seu BE em Engenharia Eletrônica pela Universidade de Tóquio. Seus trabalhos foram apresentados e expostos em conferências acadêmicas e museus, e receberam o reconhecimento do projeto e inovação prêmios.

"3-D novo ambiente de trabalho do Lee ainda está nos estágios iniciais. Mas ilumina o caminho em direção a uma espécie de salto quântico que é muito raro em interfaces de computador. Levou décadas para chegar a partir da interface de linha de comando para a interface gráfica do usuário e Macintosh, da Apple. Levou décadas mais para começar a partir do Mac para a interface de toque de iPhones e iPads. Lee e pessoas como ele só poderia levar-nos para a próxima revolução mais cedo. "

Wired

Atenção: ainda não tem legenda em português (I´m sorry):

http://www.ted.com/talks/jinha_lee_a_tool_that_lets_you_touch_pixels.html?utm_source=newsletter_weekly_2013-07-06&utm_campaign=newsletter_weekly&utm_medium=email&utm_content=talk_of_the_week_button

Nenhum voto

Postar novo Comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.
CAPTCHA de imagem
Digite os caracteres exibidos na imagem acima.