Pastor que pregava "cura gay" nos EUA revela ser homossexual

Por Fulvia di Moro

Do R7

Presidente da instituição americana que promove a cura gay pede desculpas e assume que é homossexual

Alan Chambers, que liderava a igreja Exudos nos EUA, 
reconheceu que causou muita dor e sofrimento aos homossexuais e simpatizantes

20/6/2013 às 17h26 (Atualizado em 26/6/2013 às 15h39)

Do R7

Desde 1976, a igreja norte-americana Exudos liderada por Alan Chambers defendeu a luta contra os homossexuais atuando a favor da criminalização do relacionamento entre pessoas do mesmo sexo e aplicando métodos de “cura gay”. Entretendo, na última quarta-feira (19) o presidente da instituição religiosa publicou no site da organização uma carta assumindo que é gay; pedindo desculpas para a comunidade homossexual por toda a dor e sofrimento que causou; e declarando publicamente o fechamento da igreja.
Leia mais »

Grupo defende passe livre na Suécia há mais de 10 anos

Por Almeida

Do Brasil de Fato

Movimento sueco luta há mais de uma década por transporte público gratuito

Grupo anarcosindicalista Planka usa dinheiro de sócios para pagar multas de quem usa transporte público sem pagar tarifa

1º/07/2013

Sandro Fernandes,

de Mosco, Rússia

Opera Mundi

“Para quem são construídas as cidades?”. É com esta simples pergunta que os membros do grupo Planka têm promovido a discussão da mobilidade urbana no mundo há mais de uma década. O movimento foi fundado em 2001 pela SUF (Federação da Juventude Anarcosindicalista da Suécia, na sigla em sueco), em resposta ao aumento da passagem do transporte público de Estocolmo, a capital do país.

Leia mais »

Wikileaks diz que Snowden também pediu asilo ao Brasil

Autor: 

O Brasil estaria no grupo de 21 países aos quais o ex-funcionário da CIA Edward Snowden teria pedido asilo político segundo um comunicado publicado pelo site Wikileaks.

O informe da Wikileaks diz que os pedidos de asilo foram entregues no domingo ao escritório do consulado russo no aeroporto de Sheremetyevo para que fossem passadas às correspondentes embaixadas em Moscou.

Porém, a embaixada brasileira em Moscou disse não ter recebido qualquer pedido do americano - ao menos até a manhã desta terça-feira.

Segundo o Wikileaks, o grupo também incluiria China, França, Irlanda, Áustria, Islândia, Bolívia, Cuba, Finlândia, Alemanha, Índia, Itália, Holanda, Nicarágua, Polônia, Espanha, Suíça e Venezuela, além de Equador, Rússia e Noruega, que confirmaram ter recebido o pedido.

Ex-técnico em segurança digital da CIA, Snowden delatou um sistema secreto de monitoramento de informações pessoais nos quais agentes da Agência Nacional de Segurança americana (NSA, na sigla em inglês) teriam acesso direto a servidores de nove grandes empresas de internet, incluindo Google, Microsoft, Facebook, Yahoo, Skype e Apple.
Leia mais »

Croácia se torna o 28º Estado membro da União Europeia

Por MiriamL

Do jornal Público, de Portugal

Croácia celebra entrada na União Europeia sem Angela Merkel

Berlim alegou problemas de agenda e a chanceler alemã faltou à festa em Zagreb para comemorar a chegada do 28.º membro da União Europeia. A imprensa croata viu-o como "uma bofetada diplomática". Mais de 20 anos depois da guerra na antiga Jugoslávia, os enviados especiais do PÚBLICO, Joana Gorjão Henriques e Nelson Garrido mostram que país é este.

É na pior crise da União Europeia que a Croácia, o 28º Estado membro da UE, entra num “clube” do qual alguns estão a querer sair. A Croácia é o segundo país da ex-Jugoslávia a entrar na UE depois da Eslovénia em 2004, mas o primeiro grande protagonista da guerra de independência a fazê-lo. As suas fronteiras abrem-se para os 27, mas fecham-se para outros países com quem partilhou o conflito nos Balcãs entre 1991 e 1995.

Leia mais »

Revista Time com líder budista é proibida em Mianmar

Por ramalhino

Do Terra

Mianmar proíbe publicação de revista 'Time' sobre "terror budista"

 Reprodução

Segundo a Time, Wirathu é o líder de um movimento radical de monges budistas birmaneses que afirmam que a minoria muçulmana do país ameaça a pureza racial e a segurança nacional Foto: Reprodução

O governo de Mianmar proibiu a publicação da edição de julho da revista Time que mostra na capa o monge budista Wirathu, acusado de alimentar a violência sectária no país, sob o título "A cara do terror budista", informou o governo do país nesta quarta-feira. Leia mais »

Navio com armas para rebeldes sírios afunda no Índico

Por macedo

Do Navios de Santos & CIA

Mol Comfort afunda na Costa do Iêmen

O navio MOL COMFORT  sofreu falha estrutural a 200 milhas da costa do Iêmen, 26 tripulantes foram forçados a abandonar o navio.

O navio seguia de Singapura para Jeddah com cerca de 4,500 contêineres a bordo.  Todos os 26 tripulantes compostos de 11 russos, 1 ucraniano e 14 filipinos escaparam do naufrágio do navio em dois botes salva-vidas e um barco salva-vidas. diz o relatório.  A Guarda Costeira em Mumbai enviou três embarcações para a área para ajudar.

O MV Yantian Expresso foi o primeiro a chegar ao local e resgatou a tripulação. O MOL COMFORT afundou um pouco mais tarde.

O incidente foi confirmado pelo operador do navio, Mitsui OSK Lines.  MOL disse que esta tomando medidas par resolver a questão.

Na hora do incidente ventos fortes e ondas com até seis metros de altura. Leia mais »

A agressão sofrida pelo músico Kal Dos Santos na Itália

Por Cafu

Nasssif e colegas,

Recebi este texto de Neném Ribeiro –  músico brasileiro que vive em Milano há muitos anos e é membro do Portal – sobre a agressão covarde e preconceituosa de que foi alvo o artista baiano também residente na Itália, Kal Dos Santos. Motivo do espancamento? Racismo puro e simples. Vergonhoso!

Força, Kal! Receba a solidariedade do planeta música e de seus compatriotas também.

“Kal Dos Santos - meu amigo de fé, meu irmão, camarada - quarta-feira passada, 19 de junho, às 19 hs, portanto ainda claro no verão europeu, sofreu um linchamento em plena via pública. Confundido por um rapaz como possível agressor não se sabe bem de que coisa, foi agredido pelos pais do rapaz e, em seguida, por vários passantes e habitantes da zona (nas imediações de via Venini).

Kal, um baluarte da cultura afrobrasileira na Itália, fundador do Mitokasamba, pai, avô, homem da paz e do bem, professor de percussão em várias escolas da Lombardia, músico sensível e inspirado, organizador capaz de eventos e pessoas, tentou argumentar e se livrar dos golpes e da violência gratuita, mas foi barbaramente linchado. Foi salvo pela polícia. Seus covardes agressores fugiram, esconderam-se. Kal passou a noite no hospital ensanguentado, inchado, machucado, ferido. Mas é homem forte e já está tocando, cantando, divertindo e alegrando as pessoas, sem distinção de raça ou cor. Como dizia sua mãe, Dona Vavá: "Deus é Pai!" e Kal vai dar e já está dando a volta por cima. Leia mais »

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

A Carta do Colégio de Procuradores sobre a PEC 37

Carta de Brasília - Por que somos contra a PEC/37:

O Colégio de Procuradores da República, órgão do Ministério Público Federal, autoconvocado, reuniu-se em 18 de junho de 2013, no exercício de seu dever constitucional de zelar pelo estado democrático de direito e pelo respeito aos direitos constitucionais, para garantir a manutenção da capacidade de investigação para fins penais do Ministério Público e outras instituições atualmente investidas de poder de polícia, e impedir retrocesso em favor da impunidade e contra a segurança cidadã. Para isso, é necessário dizer não à PEC 37.

A PEC 37 pretende estabelecer o monopólio da investigação pela Polícia. O Estado abriga vários órgãos com poder de polícia, como a maioria dos países do mundo. A limitação a um só canal reduz em muito a capacidade de investigação dos órgãos do Estado.

Leia mais »

Eleitores de Chávez fiscalizam, para Revolução não se perder

Por Marco Antonio L.

Do Ópera Mundi

Há 100 dias sem Chávez, apoiadores viram fiscais da "Revolução Bolivariana"

Simpatizantes também avaliam governo de Nicolás Maduro, que tem pela frente desafios como o desabastecimento
 
A metros do Quartel da Montanha, que abriga o féretro de Hugo Chávez, senhoras rezam com os olhos fechados, balbuciando palavras quase inaudíveis, no aniversário de três meses da morte do líder venezuelano. Estão em uma pequena capela, feita de madeira e pintada de azul, em uma rua movimentada do bairro de 23 de Enero, um dos mais pobres de Caracas. No local, flores, velas, fotos e até uma bandeira da Argentina foram dispostas nas paredes e ao redor de um pequeno busto do falecido presidente.

AVN (Agência Venezuelana de Notícias)

Capela em homenagem ao falecido presidente venezuelano Hugo Chávez no bairro de 23 de Enero, Caracas, onde está seu féretro
Leia mais »

Governo sírio rebate acusações dos EUA

Por Marco Antonio L.

Do Portal iG

Alegações dos EUA sobre uso de armas químicas são 'mentiras', diz governo sírio

Ministério das Relações Exteriores diz que comunicado sobre uso de armas químicas foi baseado em informações inventadas; grupo rebelde comemora anúncio dos EUA

iG São Paulo

O governo sírio desmentiu nesta sexta-feira (14) as alegações feitas pelos EUA de que o regime de Bashar al-Assad fez uso de armas químicas durante a guerra civil no país. Um comunicado divulgado pelo governo caracteriza as alegações da Casa Branca como "cheias de mentiras" e acusa o presidente Barack Obama de recorrer a invenções para justificar sua decisão de armar os rebeldes sírios.

Enquanto isso, o comandante do principal grupo rebelde comemorou o anúncio dos EUA. A decisão americana de começar a enviar armas aos rebeldes , apesar de os detalhes ainda não terem sido finalizados, marca um aprofundamento do envolvimento dos EUA na guerra civil síria. Ela acontece também em meio a recentes vitórias das forças de Assad, como a retirada dos rebeldes da cidade deQusair , próximo à fronteira com o Líbano e a preparação de ofensivas contra Aleppo e Homs.

AP

Foto divulgada na página do Facebook mostra presidente sírio, Bashar al-Assad, trabalhando em seu gabinete (13/06)
Leia mais »

ONU afirma que Síria precisa de paz e não de mais armas

Por Marco Antonio L.

Da BBC Brasil

EUA armam rebeldes, mas Obama continua entre ação e indecisão na Síria

Pablo Uchoa

Da BBC Brasil em Washington

Rebeldes do Exército Livre da Síria correm de atiradores (Reuters)

Ao anunciar que vai armar os rebeldes sírios, o presidente americano, Barack Obama, deixou clara a sua posição de que o regime de Bashar al-Assad cruzou uma “linha vermelha” ao usar armas químicas contra sua própria população no conflito civil.

O anúncio marca uma mudança significativa de atitude do governo dos Estados Unidos em relação ao conflito. Entretanto, ainda não está claro o quanto o governo americano acredita que Assad passou do limite, nem, consequentemente, quão intensa será a sua resposta.

A Casa Branca disse na quinta-feira ter informações confiáveis de que o regime sírio usou armas químicas, inclusive gás sarin, contra a oposição.

Leia mais »

Grécia cogita reabertura parcial de rádio e tvs públicas

Por Marco Antonio L.

Da Agência Brasil

Primeiro-ministro grego propõe reabertura parcial da rádio e televisão públicas

Da Agência Lusa  

Atenas – O primeiro-ministro Antonis Samaras propôs hoje (14) a reabertura parcial da rádio e televisão públicas da Grécia (ERT), cujo súbito fechamento na última terça-feira (11) provocou protestos generalizados no país e na Europa. Em comunicado, Samaras informou que deverá ser nomeada uma comissão provisória, que, com apoio dos partidos políticos, recrutará um pequeno número de funcionários para retomar imediatamente a emissão de programas de informação. 

Ao fechar a ERT à revelia dos seus parceiros de coligação, o conservador Samaras arriscou-se a provocar uma crise política na Grécia, que permanece submetida a um rigoroso programa de austeridade negociado com os credores internacionais.

Leia mais »

Aprovada a polêmica lei da comunicação no Equador

Por anarquista sério

De O Globo

Assembleia Nacional do Equador aprova Lei da Comunicação

  • Organizações de defesa da liberdade de imprensa criticam a medida
  • Projeto prevê artigo sobre linchamento midiático e a criação de órgãos de regulamentação da mídia e punições a jornalistas

COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

<br />
Funcionários do jornal “El Universo” em manifestação contra a condenação de um jornalista em 2011<br />
Foto: RODRIGO BUENDIA / AFP

Funcionários do jornal “El Universo” em manifestação contra a condenação de um jornalista em 2011 RODRIGO BUENDIA / AFP

QUITO - Grupos defensores da liberdade de imprensa manifestaram nesta sexta-feira sua preocupação com a nova Lei de Comunicação aprovada pela Assembleia equatoriana. A norma prevê a criação de órgãos de regulamentação da mídia e punições no caso de reportagens e artigos considerados ofensivos. Em um de seus artigos mais polêmicos, cria a figura do linchamento midiático, que poderá ser usado para impedir a publicação de informações que desprestigiem uma pessoa ou empresa ou afetem sua credibilidade. Para o Comitê de Proteção aos Jornalistas, este é o sinal mais recente da deterioração da liberdade de imprensa no governo de Rafael Correa.

- A lei não apenas prejudica a capacidade de informar criticamente como ameaça o direito dos cidadãos a serem informados sobre questões sensíveis. Ela transforma em legislação um dos principais objetivos da Presidência de Rafael Correa: amordaçar os críticos do governo - disse Carlos Lauría, coordenador do CPJ para Américas.

Leia mais »

Na Turquia, Erdogan ameaça manifestantes com forças de ordem

Por Marco Antonio L.

Da Carta Capital

Turquia: A opção autoritária de Erdogan

O premier rejeita o diálogo, ameaça os manifestantes em Istambul e recebe duras críticas de lideranças europeias 

por Gianni Carta

Turquia

O governo chama de terroristas e extremistas os milhares de jovens reunidos a Praça Taksim (Foto: Bulent Kilic / AFP)

O primeiro-ministro Recep Erdogan deu o aviso final aos manifestantes da Praça Taksim, no centro de Istambul, na quinta-feira 13. Ou desocupam o lugar ou terão de enfrentar as forças de ordem munidas de gás lacrimogêneo e canhões de água. Erdogan, premier há dez anos, diz estar perto de “perder a paciência”. A situação, descreve uma fonte da cidade, pode degenerar a qualquer momento. Em duas semanas de confrontos esporádicos, alguns de brutalidade inaudita, cinco manifestantes morreram e centenas ficaram feridos.

Leia mais »

Chile recebe condenação internacional por discriminação

Por Sorano

Da Unisinos

Corte Interamericana de Direitos Humanos condenou o Estado chileno após estabelecer que a justiça local discriminou a juíza Karen Atala ao lhe tirar a custódia de suas três filhas em maio de 2004 por ser homossexual e viver com sua parceira.

A reportagem é de Rocío Montes e está publicada no jornal espanhol El País, 22-03-2012. A tradução é do Cepat.

“O Estado é responsável pela violação do direito à igualdade e à não discriminação”, assinala a sentença que o tribunal internacional, com sede na Costa Rica, adotou de forma unânime e que foi publicada na noite da terça-feira.

“É uma decisão histórica porque, pela primeira vez na região, um organismo internacional determina que a justiça não pode discriminar nem por orientação sexual nem por identidade de gênero na hora de resolver as tuiciones[custódias] dos menores de idade. Este é um caso que está na linha de Salgueiro, o caso contra Portugal que oTribunal Europeu de Direitos Humanos sentenciou há anos”, assinalou na quarta-feira Jorge Contesse, ex-diretor doCentro de Direitos Humanos da Universidade Diego Portales e advogado de Karen Atala.

Leia mais »